O poder da combinação de microrganismos

O impacto positivo do uso de bioinsumos na agricultura é uma realidade no agronegócio brasileiro, que já observa o poder da combinação de microrganismos nos cuidados com a lavoura.
Enquanto os pesquisadores se mantêm incansáveis no estudo das interações entre as inúmeras formas de vida no solo, a atenção de agricultores se volta para os bons resultados de quem já começou a fazer o manejo das lavouras associando mais de um agente biológico ao mesmo tempo.

O Futuro 

Sempre que falamos sobre o futuro da agricultura, os bioinsumos são apontados como estratégicos. Tal colocação considera uma série de aspectos – da preservação do meio ambiente à saúde do solo.
De fato, a microbiologia do solo está entre os temas que mais atrai a atenção de quem desenvolve tecnologias para o campo. Prova disso são as inovações nos sistemas de manejo e na oferta de bioinsumos focados em melhorar a biologia do solo, cujo êxito é comprovado por resultados muito positivos tanto na produtividade da lavoura como na qualidade de colheitas das mais diversas culturas.
Naturalmente, o agronegócio já tem dados suficientes para conhecer e exaltar o potencial dos agentes biológicos. 

O meio-ambiente agradece

Apostar na combinação de microrganismos representaria um avanço e tanto nas metas estabelecidas para o meio-ambiente no Brasil. 
Os estudos da Embrapa apontam que, substituindo os fertilizantes nitrogenados pela coinoculação apenas nas áreas que cultivam feijão, já cumpriríamos 52% de tais metas. Isso porque essa ação nos levaria a mitigar de cerca de 700 mil toneladas de CO2.

Os números da combinação de microrganismos

Dados divulgados pela Embrapa Arroz e Feijão indicam que a prática trouxe um retorno econômico ao redor de 11%, – isso considerando apenas a economia em fertilizantes nitrogenados e o incremento da eficiência que os microrganismos ofereceram às plantas. 
Em termos mais práticos, os benefícios da inoculação mista (outro nome para a combinação de microrganismos no manejo agrícola) se refletiram numa colheita mais volumosa. Os agricultores viram a produção do feijoeiro-comum superar a média de 3.200 quilos por hectare (ha).
Ao segmentar seus dados, Embrapa Arroz e Feijão divulgou sua análise econômica, revelando um ganho de 13% para pequenos produtores que apostaram na combinação de microrganismos. Em outras palavras, o agricultor familiar teve retorno de R$ 1.130,00 para cada mil reais investidos. 
Os ganhos foram escalados na agricultura empresarial, com avanços de 114%, no estado de Minas Gerais, e de 90% em Goiás. Isso significa que, partindo de um investimento de mil reais, os produtores tiveram retornos de R$ 2.140,00 e de R$ 1.900,00, respectivamente.

Combinação de microrganismos no cultivo de soja

Aqui, trouxemos o exemplo do uso de combinação de microrganismos no cultivo de feijão, mas a prática já vem sendo usada em outras culturas também
Só para ilustrar, no caso da Soja, a co-inoculação da bactéria Bacillus subtilis em conjunto com a e Bradyrhizobium elkanii nas sementes contribui com o processo de fixação biológica de nitrogênio, assim como ocorre com o feijão. Em paralelo, os estudos da Embrapa indicam um incremento de 60% no número de nódulos da soja, além de um aumento de 24% no rendimento dos grãos.
Quando olhamos todos esses dados, temos uma dimensão de como encarar uma área de plantio como um sistema pode mudar o jogo. Esse olhar faz parte do processo de trabalho da Agrivalle em toda sua operação, mas especialmente no desenvolvimento de produtos.
A combinação de microrganismos está em nosso dia-a-dia há mais de cinco anos. Nossa linha de bioinsumos gira em torno de quatro pilares: ativação, proteção, potencialização e revitalização do solo. Com base neles, podemos criar uma composição ideal, combinando os produtos a partir dos microrganismos que contêm e da necessidade da plantação a ser tratada.

Posts Relacionados

Criação de sistemas regenerativos é condição essencial para uma agricultura mais sustentável

Agrivalle apresenta propósito ao mercado e reforça sua contribuição para potencializar novas práticas agrícolas sustentáveis Inspirar a conexão e promover a transição para sistemas regenerativos …

Leia mais →

Congresso Andav 2022

A expectativa por mais uma edição do Congresso Andav já toma conta do mercado. Para a edição 2022, que marca o retorno do evento às …

Leia mais →

O poder da combinação de microrganismos

O impacto positivo do uso de bioinsumos na agricultura é uma realidade no agronegócio brasileiro, que já observa o poder da combinação de microrganismos nos …

Leia mais →